Arquivo da tag: Denise Fraga

Bate-papo com Denise Fraga

Por Thaís Teles

Denise_FragaPegar uma escova de cabelos e começar a contar na frente do espelho, fazer poses para um público imaginário, imitar guitarristas, decorar falas de um personagem preferido. Quantas vezes não fizemos isso quando éramos pequenos? Alguns artistas, camuflados de personagens inusitados, são capazes de marcar uma época e de arrancar risos sinceros do público a todo instante. Denise Fraga, atriz com mais de  20 anos de carreira, pode ser considerada um ícone do humor brasileiro.

Dona de uma personalidade simples, inteligente e bem-humorada, a atriz conversou com estudantes de jornalismo da PUC-SP sobre Chen-Te, personagem que protagoniza em “Alma Boa de Setsuan”, além da carreira e outros projetos.

Continuar lendo

Anúncios

Bertold Brecht em cena

Por Thaís Teles

Sem títuloEncontros, desencontros, sonhos, risadas e reflexões. Todas essas sensações são experimentadas pelo público ao longo do enredo de Alma Boa de Setsuan, de autoria de Bertold Brecht, direção de Marco Antônio Braz.

A história se passa na China, mais precisamente no povoado de Setsuan, marcado pela pobreza e esperança das pessoas na vinda de deuses que possam salvar o “empório da miséria”. Esse desejo torna-se realidade com a chegada dos três deuses que formam a Santíssima Trindade, vivida por Ary França. Sua vinda à Terra tem como finalidade encontrar alguma alma boa. O cansaço causado pela viagem faz com que os deuses procurem algum local para se hospedar, a única pessoa disposta a ajudar foi a prostituta Chen Tê, interpretada por Denise Fraga. Sua generosidade lhe rende uma recompensa em dinheiro.

Essa sucessão de fatos muda a vida de Chen Tê, que resolve largar a prostituição e abrir uma tabacaria. Seu sucesso financeiro faz com que os miseráveis de Setsuan abusem de sua generosidade e que se envolva cada vez mais em situações embaraçosas e desafiadoras, sustentadas por sua sensibilidade e interesse das pessoas que estão ao seu redor.

Sentido-se cada vez mais enclausurada em decorrência do abuso dessas pessoas, Chen Tê inventa um primo, Chui Ta dizendo ser o verdadeiro dono da tabacaria. A partir de então passa a viver uma vida dupla e se sente desafiada a praticar o bem e o mal.

Essa dualidade vivida por Denise Fraga tem como objetivo aflorar no espectador o seguinte questionamento: ” O que temos a aprender com a parábola do Sr. Bertold Brecht? Qual será o veredicto para Chen Tê/ Chui Ta? Haverá um veredicto? Haverá uma resposta para a dualidade humana?”. Não sabemos, muitas repostas e dúvidas maiores que esta surgem ao longo de todo o enredo, porém, nada é convicto, o ser humano é extremamente adaptavel e imprevisível.

Alma boa de Setsuan permanecerá em São Paulo até o dia 4 de outubro, no TUCA, em São Paulo. Os ingressos custam R$30,00, porém todas as sextas qualquer espectador paga R$20,00. As apresentações ocorrem todas as sextas-feiras e sábados, às 21:30, e domingos, às  19:30.

Para os apreciadores de uma comédia inteligente, essa é uma ótima dica.

Bom espetáculo!