Arquivo da tag: presidenciais

Primeiro Debate Online

Por Vivian Ito

Com a mudança da lei eleitoral em 2009, a internet passou a ter liberdade plena para organizar debates eleitorais. O primeiro aconteceu na manhã do dia 18 de agosto, no teatro TUCA da PUC de São Paulo. Houveram 5 blocos, com diversas dinâmicas, aonde os entrevistados puderam debater entre eles, com os internautas e responderam perguntas de diferentes jornalistas da Folha de S.Paulo. Os convidados foram Dilma Roussef (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV), com a ausência de Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), que não foi convidado, mas no momento do evento realizou um chat com sua “twitcam” analisando a discussão dos adversários e colocando seu ponto de vista.

Ao parecer, as candidatas tinham um objetivo em comum, o candidato do PSDB, que foi motivo de muitas críticas. Por um lado Marina dizia: “Por que em 20 anos de governo do PSDB nós não temos aqui um exemplo de políticas públicas para o Brasil?”, referindo-se à situação do ensino no Estado de São Paulo, e também cobrou a campanha eleitoral que o candidato realizou utilizando imagens de favelas virtuais, sendo que no Brasil existem tantas favelas reais. E pelo outro lado estava Dilma, com os maiores ataques: “Como vocês estão vendo, ele não falou nada sobre substituição tributária. Havia uma fila burra no governo federal no governo Fernando Henrique Cardoso”

Apesar de ser levado a cruzar os braços enquanto ouvia as críticas, não se conformou em ser o alvo e defendeu-se dizendo para Dilma: “Você fica tão ligada para trás, seu espelho retrovisor é tão grande. É maior que o pára-brisa. Você não olha para frente”, já que ela não cansava de expor o caso do governo FHC. O tucano também colocou uma e outra vez falhas no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do partido deste, apontando a desmoralização do ENEM e questões do setor de energia elétrica no Brasil: “O imposto sobre energia elétrica subiu, isso foi na gestão da Dilma. A luz que a gente acende, nós pagamos mais que o dobro de imposto federal que pagávamos”Entre elas, também ouve momentos de ataques, no final do debate Marina Silva se refere ao Lula dizendo: “Estão querendo infantilizar os brasileiros com essa história de pai e de mãe” e apontou que as perguntas que fez para um – referindo-se ao Serra – durante o debate, também faria para o outro – olhando para a Dilma-. Mas como sempre calma, consegue se sair bem na pergunta que um jornalista da Folha fez, sobre o que ela faria em um segundo turno, se o presidente lhe pedisse apoio a Dilma contra o Tucano,dizendo que “O segundo turno a gente discute no segundo turno”.

Já a Dilma é surpreendida por uma pergunta mais pessoal, sobre sua capacidade de dirigir um governo, após uma difícil fase de luta contra o câncer, respondendo com a frase “é preciso acabar com o preconceito. O câncer é uma doença curável e eu estou curada”.

Se compararmos o conteúdo de um debate online e um televisivo, vemos que nada muda no discurso entre os políticos. Mas, independente disto, o acesso ao conteúdo político via internet pode significar um passo a mais para a democratização da informação para os brasileiros fora ou dentro do país, pois facilita a transmissão de conteúdo público que afeta diretamente a sociedade.

Anúncios