Arquivo da tag: são paulo

Shows, shows e mais shows em São Paulo

por Giovanni Santa Rosa

Foi-se o tempo em que shows internacionais eram raros por aqui. Já tem alguns anos que o Brasil está cada vez mais inserido na rota dos turnês das grandes bandas. Mas dessa vez extrapolaram: São Paulo terá quase todos os dias de novembro ocupados por apresentações (o Scream & Yell listou em seu blog todos). Vamos aos destaques:

Norah Jones

A cantora e pianista norte-americana vem a São Paulo com o show de seu mais recente álbum, The Fall. Ela canta seus maiores sucessos no domingo, dia 14, em show gratuito no Parque da Independência, às 16h.

 

Stereophonics

Pela primeira vez no Brasil, o Stereophonics faz sua única apresentação no país no dia 18, quinta-feira, no Citibank Hall. A banda, que tem entre seus fãs o craque Wayne Rooney, lançou seu último álbum em 2009, Keep Calm and Carry On. Os preços das entradas vão de R$ 140 a R$ 200.

The Raveonettes

A vinda da banda dinamarquesa já toma ares de novela. Primeiro eles negaram, depois admitiram a possibilidade do show e, por fim, confirmaram o show. Agora o que falta é o SESC bater o martelo, mas, por enquanto, nada. A apresentação está marcada para o dia 19, sexta-feira, às 22h, no SESC Pompéia, com ingressos entre R$ 8 e R$ 32.

Festival Planeta Terra

Pelo segundo ano no Playcenter, os destaques dessa edição são o cantor Mika, a banda francesa Phoenix, a turnê de retorno do Pavement e a volta do Smashing Pumpkins aos palcos brasileiros.

Essas duas últimas bandas, aliás, estão envolvidas numa polêmica de longa data. Tudo começou em 1994, quando o Pavement lançou Crooked Rain, Crooked Rain. Na música “Range Life”, Stephen Malkmus alfineta a banda de Billy Corgan, que, pelo visto em tweets recents, ainda não superou a questão.

O festival acontece no sábado, dia 20, e seus ingressos estão esgotados.

Lou Reed

O lendário Lou Reed vem ao país para duas apresentações no SESC Pinheiros, nos dias 20 e 21, sábado e domingo. Não espere clássicos como “Perfect Day”: o show é da turnê do controverso álbum Metal Machine Music, lançado em 1975 e relançado recentemente, e terá muito barulho, ruídos e microfonia. Isso não assustou os fãs, que acabaram com os ingressos em uma hora.

Paul McCartney

O show do ano. Depois de passar por Porto Alegre e Buenos Aires, o ex-beatle toca no Estádio do Morumbi nos dias 21 e 22, domingo e segunda. No repertório, músicas do quarteto de Liverpool, do Wings e de sua carreira solo. Um lote residual de ingressos para as duas pistas do show, a comum e a Prime, foi posto à venda na bilheteria 3 do estádio. Uma última chance para os fãs que não conseguiram ingressos (e não querem depender de cambistas). O Multishow transmite o show.

Anúncios

No campo e na Arquibancada. Corinthianos fazem a festa no Majestoso

por Victor Pozella

Uma empresa de engenharia de São Paulo mediu a vibração das arquibancadas do estádio do Morumbi e constatou que a torcida do Corinthians – em minoria, com cerca de três mil ingressos destinados aos alvinegros – “balançou” mais do que a torcida tricolor.

Na manhã de segunda-feira (08/11), a assessoria de imprensa da companhia enviou um e-mail relatando os resultados da medição.

Leia o “press release” na íntegra:

No Morumbi, vitória do Corinthians em campo e nas arquibancadas

Vibração da torcida alvinegra foi superior a dos são-paulinos, refletindo o desempenho melhor dos Corinthians nas quatro linhas. Vibração foi medida através de sensores instalados nas arquibancadas e analisada pela equipe da IEME Brasil.

Neste domingo, no principal clássico paulista, o Corinthians venceu o São Paulo por 2X0. Nas arquibancadas, a empolgação do público correspondeu ao resultado do jogo. A torcida corintiana, na média, foi a mais vibrante da partida.

Jantando com a Família Burguer

Por: Márcio Murta

Abrindo suas portas para o público em 2003, o Família Burguer se localiza no nº 681 da Rua Monte Alegre, no bairro de Perdiezes, em São Paulo. Com um cardápio amplo e preço não tão acessível, a lanchonete é uma opção atraente para aqueles que gostam de ambiente “clean” e sabores diversos.

Para avaliação foram degustados dois sanduíches distintos, sendo um Beirute de filé mignon (R$22.20) e um Americano (R$ 11.10). O Beirute, suculento e saboroso é bem servido (pode até mesmo ser dividido entre duas pessoas, caso a fome não seja grande) e agradou. Além da carne macia e bem temperada, a maionese verde do lanche ajuda a dar um toque extra de sabor. Mesmo o preço sendo um tanto “salgado”.

Beirute de Filé Mignon do Família Burguer

O americano, todavia, deixou a desejar. Apesar da combinação saborosa do queijo, presunto, alface, tomate e maioneses unidos em dois pedaços de pão, estes não são muito maiores que pães de forma comuns. É um lanche pequeno pelo seu valor.

Americano do Família Burguer

Um fator que chama a atenção na lanchonete são os preços de sanduíches básicos. Um Hambúrguer sai por R$ 6,30, enquanto o Cheesburguer é oferecido por R$ 9,45. E suas proporções não são das maiores. Uma água custa R$ 2,80, um refrigerante, R$3,30, enquanto um suco custa R$ 4,80.

Para os que desejarem  alimentação mais saudável que um lanche, a lanchonete também oferece pratos feitos, omeletes e saladas diversas. Com um ambiente agradável, bem iluminado e pratos saborosos, o Família Burguer pode ser um bom lugar para jantar, contanto que a preocupação com o valor da conta não esteja em suas prioridades.

Ar seco castiga o estado de São Paulo

por Vitor Hugo

A baixa umidade do ar e as elevadas temperaturas estão afetando a saúde da população em todo o Brasil. Devido ao clima seco, durante a semana passada e nesta semana, algumas cidades do estado de São Paulo entraram em situação de emergência. O pior índice registrado foi em Sertãozinho, interior de São Paulo, que está com a umidade de 10%, equivalente à do deserto do Saara. Para amenizar os problemas de saúde, como alergia, pneumonia, enfarte, a Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta as pessoas a evitarem aglomeração e a não praticar atividade física ao ar livre durante o período das 10h até 16h.

Mais um problema causado pela baixa umidade são as queimadas que se tornam mais constantes nesses períodos de clima seco, e também uma ameaça para as florestas e comunidades. Ontem, na tarde de terça-feira, na cidade de Araçatuba, houve um foco de fogo que os bombeiros tentaram controlar, mas mesmo assim o estrago foi grande, e as chamas chegaram às margens da rodovia Marechal Rondon.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), registrou na cidade de São Paulo 16% de umidade relativa do ar. E uma frente fria está para chegar na próxima segunda-feira, junto com uma leve chuva que servirá para aliviar as altas temperaturas. 

 

 

São Paulo é criticado por sondar treinadores mineiros; clube nega

Por Fábio Oliveira

Técnicos mineiros estão entre os preferidos de Juvenal

O São Paulo está a procura de um treinador. E em Minas Gerais. Atravessando má fase, o clube paulista recebeu críticas do presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, que acusou uma possível sondagem do presidente são-paulino, Juvenal Juvêncio, ao atual treinador cruzeirense, Cuca. “Juvenal Juvêncio teve a delicadeza de convidá-lo na terça ou anteontem (23/08). Cuca preferiu ficar aqui. Nós temos um trabalho de longo prazo, e eu seguro treinador, comigo não tem essa de ficar trocando de técnico” disse Zezé a Rádio CBN. Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, rebateu as acusações: “É delírio puro (do Zezé Perrella). Nem vamos levar em consideração o que ele disse quanto à falta de ética, porque não ocorreu nada”.

Nesta quarta, foi a vez do  Atlético-MG. O clube afirma ter sido proucurado pelo São Paulo, interessado em Vanderlei Luxemburgo. Segundo Alexandre Kalil, presidente do Atlético, o treinador também recebeu ligações do clube paulista, que demonstrou interesse em Luxemburgo. “O São Paulo ligou na terça-feira para o Vanderlei. O diretor queria ele para assumir o São Paulo. Mas temos uma coisa a fazer e ele está comprometido com a gente, e eu com ele. Não existe comprometimento de um lado só” afirmou o dirigente, em entrevista coletiva.

Assim como no caso Cuca, Leco negou que o clube tenha proucurado o treinador atleticano. Antônio Lopes, treinador do Avaí, é outro nome que vem rondando o Morumbi. Enquanto ninguém é anunciado, o treinador Sérgio Baresi comanda o time que recebe hoje o Vasco, as 22h, no Morumbi. O tricolor tenta reagir na tabela com uma vitória, para espantar a crise e fugir da zona do rebaixamento.

Cremes do Frans Café

Por Márcio Murta e Rafael Millán

Com sua primeira loja fundada em 1972  no centro de Bauru (SP), O Frans Café surgiu com a proposta de oferecer diferenciados sabores provenientes da semente árabe. Após constante sucesso, a empresa cresceu em número de franquias (117 atualmente) na variedade de produtos.
 
Para aumentar suas ofertas em épocas de frio, o Frans Café superou os achocolatados, chás e doces ao iniciar a oferta de cremes e caldos quentes, que pelo preço de R$ 16,20 em São Paulo, viram referência da cafeteria. Os sabores disponíveis são de Lentilha, Caldo Verde, Mantioquinha, Minestrone e creme de milho com frango. Para os que desejarem maior incremento, o pedido pode ser servido dentro de um pão italiano, por R$ 18,90. Neste caso o prato, que ainda conta com queijo ralado como acompanhamento, pode ser dividido entre duas pessoas.

Foto: Márcio Murta

O prato escolhido foi o de lentilha, que apesar de contar com bacon com tempero, é leve e não possui sabor pesado ou enjoativo. Curiosamente, o maior destaque foi para o pão em que a sopa foi servida, muito saboroso. A sobremesa escolhida foi a porção de mini churros, que conta com três (saborosas) unidades envoltas em açúcar e canela, além de doce de leite como acompanhamento.

Foto: Márcio Murta

Embora o ambiente não seja dos mais sofisticados ou belos,  a cafeteria prende a atenção de seus visitantes no extenso cardápio, que também inclui oferta de sanduíches, pratos feitos, saladas, combos de café da manhã, doces vinhos, cervejas, sucos, refrigerantes e, logicamente, o café expresso, que sai por R$ 2,90.
 
Os que desejarem voltar para casa com um sorriso no rosto (e o colesterol alto), o Frans Café disponibiliza ao cliente 15 tipos de cafés especiais, cujos valores alteram entre R$ 5,20 a R$ 8,50. O escolhido da vez foi o “Café da Vovó”, que combina café expresso, leite, um toque de canela e uma profunda colher de doce de leite.

Mercadão de São Paulo

Por Rafael Millán e Márcio Murta

Localizado no coração da metrópole paulistana, o Mercado Municipal oferece um aglomerado de sabores e aromas distribuídos em 291 lojas. As instalações do “Mercadão”, como é popularmente conhecido, foram criadas em 1932 como um quartel general das tropas paulistanas do Movimento constitucionalista, vindo tornar-se um mercado apenas em 1933.

No mezanino do prédio é servido o famoso pastel de bacalhau do Hocca Bar, por R$ 11. Outra especiaria do local pode ser encontrada no Bar do Mané, localizada no piso térreo. Nele é oferecido o sanduíche de mortadela, por R$ 9. Após os salgados, os visitantes que ficarem com sede podem saciá-la no Banana Juice, barraca especializada em sucos naturais, que custam entre R$ 4,50 e R$ 6,00. Em dias quentes, recomendamos o suco de maracujá.

Também consideramos interessante visitar o Empório Chiappetta, uma das maiores lojas do local, especializada em vender queijos, azeitonas, alhos, nozes, grãos, frutas secas, vinhos, doces e chocolates.

O Mercadão, que pode ser acessado facilmente pelo metrô São bento, abre suas portas de segunda a sábado das 6h às 18h e das 8h às 16h no domingo. O local recebe grande fluxo de visitantes durante o fim de semana, mas não é nada, entretanto, que torne o passeio menos saboroso.